Danças Circulares

“(…) quando surgimos no espaço e nele nos movimentamos, temos que dar passos. A escola de dança é a escola do caminhar. O fluxo contínuo da corrente do tempo recebe através do contato do pé um compasso. Através dos passos determinamos uma medida de tempo e ao mesmo tempo uma medida no espaço. O passo torna mensurável, de acordo com a música, o ato da dança no espaço e no tempo, vivenciável e possível de ser repetido. O nosso pensamento aprende com o pé a acertar o passo, e assim construímos uma coluna entre o céu e a terra.”
(WOSIEN: 2000, p. 40)

Origem

Foi na Escócia, em 1976 que Bernhard Wosien ensinou pela primeira vez uma coletânea de danças circulares para os residentes de Findhorn, a pedido de Peter Caddy. Bernhard Wosien (1908, Prússia – 1986, Munique) foi um bailarino, pedagogo da dança, desenhista e pintor, que dedicou muitos anos de sua vida a coletar as danças étnicas. Ele é a principal referência das danças circulares. O mineiro Carlos Solano fez treinamento em Findhorn e tornou-se o primeiro focalizador do Brasil.

O Movimento nas Várias Culturas

Por Paulina Ossana

Danças Folclóricas:

Originaram-se de ritos tradicionais de determinados povos.

Danças Populares:

Expressam estilos diferentes de acordo com a região.

Danças Popularizadas:

Foram criadas por mestres e adaptadas pelo povo.

Danças de Caráter Étnico:

É a mais similar à expressão corporal.

Benefícios da Dança Circular

Amplia a atenção e a concentração;

Promove empatia com os outros;

Desperta musicalidade e ritmo;

Trabalha as habilidades interativas;

Incentiva a expressão do que se tem de melhor;

Desenvolve flexibilidade;

Viabiliza o autoconhecimento;

Possibilita a comunicação humana pelo diálogo corporal.

O que a dança significa para nós?

Nas danças circulares o grupo, em círculo, segue uma coreografia e, conectados entre si, reúnem energias em busca da harmonia, da consciência do todo. Não existe hierarquia e as atitudes de competição são substituídas por atitudes cooperativas. Pessoas de todas as idades podem socializar e resgatar valores humanos. 

A dança oportuniza ao ser humano acessar e desenvolver aspectos de sua personalidade de forma prazerosa, auxiliando na formação de indivíduos mais equilibrados. Gradativamente o ser humano pode adquirir, através das artes, o autocontrole a amplitude da consciência corporal e a responsabilidade por seus atos. (Giraflor, 2005)

Giraflor_Significado

Referências

WOSIEN, Bernhard. Dança: um caminho para a totalidade. São Paulo: Triom, 2000.

WOSIEN, Maria-Gabriele. Dança Sagrada: deuses, mitos e ciclos. São Paulo: Triom, 2002.

SACHS Kurt – História Universal da Dança, Paris,1938.

Texto elaborado por Giraflor Danças Circulares

www.dancascirculares.org- Curitiba – PR

Giraflor Danças Circulares- desde 2006

BOOK02

Livro Mandalas em Movimento

Um livro de Danças Circulares inédito e surpreendente. É um trabalho que conta, através de imagens em movimento e danças, um caminho espiritual de profunda conexão com o centro do ser.

Saiba mais